Shampoo e Condicionador Pantene Aqua Light

Hoje a dica é para quem tem cabelo fino e/ou oleoso, para quem gosta de shampoo que não deixa o cabelo pesado ou para quem procura um bom shampoo transparente de limpeza.




Estava de férias e fiz uma viagem européia maravilhosa (uma das razões para meu sumiço). Aproveitei para comprar vários produtinhos legais que depois falarei aqui no blog.

Na BOOTS (uma farmácia de Londres sensacional) me deparei com um Shampoo da Pantene que nunca tinha visto antes. Ele é transparente, promete hidratar sem pesar, tem um cheirinho bom, e custa 2,5 libras (menos de 7 reais). Comprei o shampoo e o condicionador da mesma linha.


Usei os produtinhos durante toda a viagem e ainda estou usando no Brasil (já estão acabando... sniff). Eu simplesmente adorei! O shampoo faz bastante espuma, deixa o cabelo bem limpinho, mas nada ressecado. O condicionador é bem emoliente e gostosinho (como os condicionadores da pantene em geral). Meu cabelo ficou leve, macio e cheiroso... sem gastar muito dinheiro.

Uma pena mesmo é a Pantene não trazer esta linha aqui para o Brasil. Poxa, até as pessoas de cabelo mais rebelde precisam de um shampoo levinho e de uso diário para dar alívio ao couro cabeludo e às madeixas.

Quem puder adquirir em outros países (ou pedir para alguém trazer), vale muito a pena.

Pantene, please, queremos a linha AQUA LIGHT!!!

Hospedagem em Buenos Aires

A Diva Cynthia me perguntou num post onde eu tinha me hospedado em Buenos Aires e eu decidi fazer um post sobre esse assunto ao invés de simplesmente responder que foi no lugar X no Bairro Y.

Começei a pensar em como o bairro escolhido pra se hospedar por lá pode mudar toda a sua experiência em relação à cidade. Eu fiquei num Hostel super charmoso/simples no comecinho do bairro da Boca. Quando dizia para alguém aqui no Rio que iria me hospedar na Boca todo mundo só sabia me dizer uma coisa: você é maluca, muda de hostel, lá é muito perigoso e tal. Só que era reveillon e a cidade estava lotada de turistas, não tinha jeito de mudar e eu resolvi encarar, afinal me criei na Tijuca hehe.

Quando cheguei no Hostel de la Boca fiquei surpresa pois o ambiente não condizia em nada com o que as pessoas diziam. Tudo bem que aquela parte da Boca é fronteira com o bairro de San Telmo e praticamente considerada Parque Lezama (já falei desse parque aqui). O Hostel é bem simples, como qualquer hospedagem do gênero, mas é todo decorado com pinturas e grafites bacanérrimos e os funcionários são bem atenciosos. Há quartos privativos para duas pessoas com ou sem suite ou quartos coletivos no melhor esquema mochilão.

Fotenho de uma das salas do Hostel de la Boca. Essa pintura estava sendo executada enquanto a gente estava lá.

Só que o que eu queria mesmo dizer sobre hospedagem é que o fato de ter ficado no Bairro da Boca me proporcionou ver uma Buenos Aires muito menos "afetada" e muito mais real do que a de quem se hospeda em bairros como a Recoleta ou Palermo. Eu visitei esses bairros, aliás, rodei por toda BA, mas não dá pra negar que a gente acaba saindo pra comer e passear bem mais nos arredores do lugar onde estamos hospedados do que do outro lado da cidade né?

A Boca tem seu lado estranho sim, especialmente no dia 1 de janeiro, quando tudo está fechado (menos o Caminito, centro turístico da Boca). Mas eu tenho um ímpeto muito grande de viver experiências mais próximas do estilo de vida de quem mora no lugar do que de ver a cidade planejada para agradar turistas ou as bolhas de riqueza que não são o verdadeiro retrato de nenhum lugar (ou alguém acha que o Rio inteiro é o Leblon do Manoel Carlos?)

Pelo fato de estar a 5 minutos a pé de San Telmo, o bairro mais boêmio de BA se tornou o meu quintal por uma semana, tanto durante o dia quanto à noite. Isso influenciou no perfil das minhas compras, na escolha dos restaurantes e até em alguns programas escolhidos.


vitrine de uma das lojas de San Telmo

Eu usei todos os meios de transporte disponíveis em BA: taxi, metrô, ônibus e meus lindos pezinhos. Foi a melhor coisa que poderia ter feito. Foi por indicação de um taxista que achei a Confeitaria Ideal, e foi pegando o metrô que descobri a belíssima estação Central de BA, de onde saem trens para outras cidades e quase todas as linhas de metrô. Destino nada turístico, mas muito bacana.


Fachada de um dos bares do Caminito. Quilmes litrão bem gelada é sempre uma boa pedida.

Foi andando a pé para uma boate no Centro em plena noite de Reveillon (não tinha taxi de jeito nenhum) que percorri cerca de 10kms pelas mais diversas ruas da cidade e pude ver os imponentes prédios públicos em um tour bem peculiar. Claro que cheguei podre na boate e não curti nada, mas valeu a experiência.

eu toda bapho no MALBA, que fica em Palermo

E finalmente foi no ônibus da linha 152 que tive a experiência de andar numa boate sobre rodas (também no post do link acima). Inesquecível. Depois fiquei sabendo que o 152 é considerado o ônibus ideal para percorrer os principais pontos turísticos da cidade e fazer um citytour por apenas 3 pesos.

Quem se hospeda em Palermo Hollywood ou Palermo Viejo acaba passeando mais por aqueles arredores (que são lindos e cheios de atrações também), mas a tendência é não sair do padrão looosho que a cidade oferece, até porque como o real valorizado a gente começa a se achar rico em qualquer lugar de lá e entra numa de só badalar em Puerto Madero e tal.

Só digo que não me arrependo de ter ficado hospedada na Boca e ficarei no mesmo Hostel quando voltar lá. Quem quer uma cama super macia e café da manhã incluído na diária definitivamente vai preferir um hotel de verdade num bairro mais tradicional. Mas isso é questão muito pessoal, só achei que merecia dividir com vocês. Só queria dizer que dá pra ser Diva em qualquer circunstância, porque ser Diva está na nossa disposição em tirar proveito do que vier, seja numa viagem ou no dia-a-dia.

Espero ter ajudado a Cynthia e alguma outra Diva que vá para BA em breve. Desculpem o tamanho do post, super me empolguei. O Hostel de la Boca fica na Av. Almirante Brown 168.

Bistrô The Line

video

Mais um video tosco feito por mim especialmente para o blog. êêêêêêê!!!! Esse video é pra falar do Bistrô The Line. Apesar do nome em inglês, ele tem uma carinha toda francesa, talvez pela própria paisagem da varanda - a igreja da Candelária.

Como eu fui lá já à noite, as fotos não estão das melhores e o som também tá deixando a desejar, mas dá pra ter uma ideia do local. Tanto a parte de dentro como a varanda tem um ambiente muito bonito e agradável e a primeira coisa que eu pensei quando entrei foi que o ambiente tem cara de locação de filme, sabe?

Como eu fui lá com mais 4 pessoas queridas, deu pra cada um pedir uma coisa e todo mundo curtiu seus pedidos, ou seja, dá pra dizer que não foi apenas sorte ocasional de um único item gostosinho. Os preços, claro, são honestos e para quem não conseguiu entender essa parte no vídeo, eles tem bolinho com café por R$7, Quiche com salada por R$10 e Sanduíche no pão ciabatta por R$12.

O Bistrô The Line fica na Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Candelária – dentro da Casa França Brasil.
Diariamente de 10h às 20h

R.I.P. - Amy Winehouse

A morte de Amy Winehouse não chegou a ser inesperada (infelizmente), mas sempre nos deixa tristes e como ela é sim uma Diva do século XXI, merece e muito uma singela homenagem desse blog.

Não vou ficar de blábláblá falando sobre a vida e a morte da Amy, até porque todo mundo tem sua opinião a respeito e quem não tem certamente possui amigos no Facebook que tem. O fato é que fiquei muito arrasada quando fui buscar imagens dela pra ilustrar esse post e não conseguia encontrar em cerca de 16 páginas do Google nenhuma imagem dela que não mostrasse/explorasse sua degradação física.

Na maioria das fotos sua magreza e a falta de viço da pele eram mostrados de forma cruel, e nas demais ela era vista caida no chão ou com os olhos revirados. Minha ideia nesse post era falar de como Amy recriou um estilo de vestir, de se maquiar e de se pentear que influenciaram a moda como um todo, no mundo todo, mas para minha surpresa foi praticamente impossível encontrar imagens representativas do ícone que ela sempre foi e mais do que nunca, sempre será. Injustiça tão grande quanto resumir sua produção musical à Rehab.

Seus vestidos de cintura marcada, os sapatos de paltaforma embutida, os cabelos puffy e os olhos delineados a tornaram um ícone fashion como há muito não se via nem na indústria cinematográfica e nem na música. Eu particularmente amo o estilo de make e o shape que ela trouxe de volta pro showbizz e pras ruas, e ela sempre me pareceu alguém capaz de se divertir com o exagero do visual que criara para si.

Acabei escolhendo essa foto porque o fato de ela sair com esse cabelo pra fazer coisas do dia-a-dia é um comportamento de uma verdadeira Diva. E o mais legal é que esse cabelo é tipo super básico pros padrões capilares dela nas demais ocasiões.

Só nos resta desejar que Amy realmente descanse em paz, e agradecer pelo legado musical deixado por ela para agradar nossos ouvidos tão castigados em tempos de _____________________ (preencha com o cantor/banda que você acha uó).   

#backtoblackfeelings

Colares de Inverno

Inverno no Brasil às vezes até vem mais rigoroso, mas não costuma durar muito. Mesmo assim dá vontade de montar um visual que tenha carinha de inverno, pra pelo menos lembrar que existe um mínimo de mudança de estações por aqui.

Para conseguir esse efeito às vezes basta um acessório feito de material mais quentinho, como flores de cabelo de feltro ou colares de lã. Dando a minha conferida básica na Bobby - a loja de acessórios baixa renda da qual eu já falei aqui - eu dei de cara com esses colares de linha com tufinhos de lã que é cheio de voltas e deixa o look super atual.

É bem difícil garimpar esse tipo de ítem no meio de tantos colares horrorosos de gosto diferenciado, mas o precinho dele é de apenas R$10! Eu encontrei nas cores verde militar e lilás, achei as duas cores ótimas, tanto sozinhas como juntas e pesquizando outras referências pra esse post na web me deparei com essas duas coisas lindas aqui:



Os da foto são feitos artesanalmente em Portugal e custam apenas 5 Euros. Quem tiver habilidade pode até se aventurar a fazer em casa. O que eu mais gosto nesse tipo de peça é que são verdadeiras joias de lã, com cara de exclusivas (porque de fato são né?!) e que fazem render comentários das pessoas à volta onde quer que a gente vá.

Bebida Gelada

Qual é a fórmula para uma festa dar certo? Segundo a promoter Liége Monteiro, é boa música, um mix de gente interessante e bebida gelada. 

Os dois primeiros itens são bastante pessoais, mas o terceiro é universal. Seja em festa de gente abastada ou em festa de quem pede pros amigos levarem a bebida, o problema da bebida gelada não dar vazão ao consumo acontece sempre. A casa de ninguém tem estutura de restaurante, então o que fazer pro pack de cerveja quente que seus amigos estão trazendo poderem ficar no ponto em tempo record?

A fórmula segue os princípios básicos da física e funciona meeesmo. Anotem a receita:

  • Gelo (a quantidade vai depender do tamanho da festa)
Para cada saco:
  • 2 litros de água
  • Meio quilo de sal
  • Meia garrafa de álcool



A água aumenta a superfície de contato, o sal reduz a temperatura de fusão do gelo (ele demora mais pra derreter) e, por uma reação química, o álcool rouba calor.
 A mistura frigorífica é barata e a cerveja fica em ponto de bala em 3 minutos. E esperar três minutos não é nenhum sacrifício, né?
Lembre-se de lavar a latinha ao tirá-la do isopor pra eliminar o gosto meio salgado que fica na tampa da lata. Vale lembrar que a técnica também funciona pra garrafas pet de refrigerante e garrafas de vidro.

Cerveja Cu de Foca  estupidamente gelada em alguns minutinhos: coisa de Diva.

Dicas para acabar com o frizz.

A dica de hoje é para todas as Divas que, assim como eu, odeiam frizz no cabelo. Imagino que quase ninguém sofre com isso né? Not.

Pois é, fato é que por mais que a gente tente cuidar direitinho da juba parece que a umidade de certas áreas do país nos impedem de manter o cabelo dignamente controlado. Então o que fazer para evitar o frizz?

Além de lavar e hidratar direitinho, evitar secar o cabelo ao vento (tipo com o ventilador do quarto ligado quando sai do banho ou ir pra rua de cabelo molhado), uma dica master para manter os fios no lugar é não secar os cabelos depois do banho com a toalha de banho.

Aí você se pergunta: e por que não tia ? Vamos por partes:

A toalha de banho é feita de pequenos ganchinhos que uma vez em contato com o cabelo acabam bagunçando a estrutura dele e gerando o maldito frizz.

foto de Darren Hester

Outro problema da toalha é aquele nosso velho hábito de esfregar os cabelos com ela e nos piores casos ainda fazer aquele turbante lindo de comercial de Lux Luxo.


Aquela esfregada básica é proíbitiva, porque ela bagunça a eletricidade estática dos fios e eles ficam sem saber o que é positivo, o que é negativo e o resultado é o famoso cabelo eletrizado (outro nome pro cabelo com frizz).
E a toalha enrolada na cabeça? Genti, imagina nosso lindo cabelinho todo dia sendo puxado pra trás pela força do peso da toalha durante os 5 minutos em que a gente tá passando hidrantente, desodorante e coisa e tal? Socorroooo!!!

 A melhor forma de sacar os cabelos depois do banho é usar uma camiseta de algodão velha, de preferência aquela branquinha baratinha da Loja Americana. Outra ótima hipótese é usar papel toalha amassando os cabelos e pegando um pedaço novo conforme a necessidade.

O papel toalha é ótimo porque é feito pra absorver a humidade em dois tempos, e não corre o risco de mofar por ser descartável, como pode acontecer com a camiseta branca se deixada no banheiro húmido durante o inverno.

Como todo mundo tem pelo menos uma dessas duas coisas em casa, fica fácil fazer o teste e poder dizer adeus ao frizz de uma vez por todas.

#ficaadica

Boca vinho : Nova tendência para as makes

Batons escuros são, para a maioria das mulheres, um dos ítens que mais causam dúvida na hora de usar. Isso porque chamam uma atenção bem maior do que o bom e velho cor de boca e precisam estar impecavelmente bem aplicados para fazermos bonito. Assim como nas roupas, é preciso estar no clima para "carregar" certos itens de makeup, e os batons escuros estão no topo dessa lista. 

Isso os tornam automaticamente mais exclusivos que os outros batons, já que dificilmente veremos diversas pessoas com bocão vinho por aí, por mais que seja tendência forte apontada pelas semanas de moda de todo o mundo. Isso pode garantir que essa aposta seja uma ótima forma de se destacar numa festa.



Os batons escuros tem a grande vantagem de ser bastante democráticos, a dica é adequar a cor ao tom de pele e equilibrar os olhos. Para as brancas rosadas, os tons de vermelho próximo a pele como vermelho fúcsia e cereja são os mais indicados. Brancas amareladas e orientais são favorecidas pelos vermelhos vibrantes, as morenas podem optar pela gama dos intensos e pelos tons fechados de vermelho. As negras podem abusar dos vermelhos mais escuros como bordô e vinho e os metalizados.



Saindo das passarelas e dos red carpets para a vida real, o visual de boca destacada requer cuidados para não passar por borrões. Para evitar o efeito que o contorno dos lábios assume absorvendo o pigmento do batom, há alguns truques que aumentam a durabilidade e conserva o contorno para lábios perfeitos:


  • Passar nos lábios, antes do batom, corretivo seguido de pó compacto garante uma maior fixação, assim como a aplicação do batom com pincel.
  • Para um contorno definido aplique um pouco de pó compacto ao redor dos lábios, ele vai funcionar como uma barreira e impedir que se formem vincos na pele.
  • Usar lápis de contorno no mesmo tom do batom garante também uma precisão no traçado.
  • Passar uma camada de batom e dar aquela mordidinha amiga no papel higiênico para então aplicar mais uma camada de batom também garante maior fixação.
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Eu usei recentemente um batom vinho e o resto da make foi basicamente um pouco de sombra rosada + cinza no côncavo e bastante rímel. Também caprichei na pele com uma base mais potente e não passei tanto blush quanto de costume. Admito que tenho dificuldade de me achar realmente baphonica usando óculos, mas cest la vie, então o resultado foi esse aqui:
 
 As marcas de cosméticos Anaconda e Vult tem boas opções de vermelhos e vinhos para todos os tipos de pele e gosto. Ambas as marcas tem boa fixação quando usamos os truques acima, e com o preço variando entre R$7 e R$15 dá pra comprar e arriscar nem que seja uma única vez. Porque tem coisas que eu acho que a gente precisa sim experimentar pra dizer que não é a nossa praia (ou pra descobrir que pode ser, mesmo que só de vez em quando).

O batom que eu usei foi o Black Orchid da marca americana baixa renda Nika K. Qualquer dia eu falo um pouco dessa marca por aqui.

Quem quiser um efeito laqueado (tipo boca espelhada) é só finalizar com um gloss transpartente depois de ter deixado o batom o mais seco possível. Aí é pra chegar chegando meeeeesmo.

Pensamento Edificante de Sexta

"Quantos cuidados uma pessoa precisa tomar para não ser algo mas alguém".

Coco Chanel

Os loucos preços das passagens aéreas

No sábado à tarde eu passei cerca de 5 horas tentando comprar passagens aéreas pra minha viagem de setembro. Como terei alguns voos internos e mais um voo internacional, as datas tiveram que ser muito bem ajustadas para que se encaixassem. Foi um verdadeiro quebra-cabeça na tentativa de gastar menos, que incluiu algumas )poucas) horas de espera entre aeroportos e uma escalinha de leve (sou baixa renda mas não perco a pose).



Por isso, quando vi esse post do site Melhores Destinos, tive que compartilhar aqui para que as Divas entendam melhor como funciona a loucura da variação de preços da mesma passagem aérea. Eu já falei desse site em outras ocasiões, mas esse post específico é bem útil pra nos fazer dominar a dinâmica dos preços e assim tirar o melhor proveito.

"Primeiro você precisa entender que em um mesmo voo dentro do Brasil é possível ter pessoas que pagaram R$59, pessoas que pagaram R$300 e ambas irão receber exatamente o mesmo produto/serviço. Isso é assim no mundo todo.

A companhia aérea divide o avião em vários pedaços (conjuntos de poltronas) e as passagens de cada grupo desses terão preços diferentes. Observe que o serviço prestado será exatamente o mesmo, só vai mudar o valor.

Além desses grupos de poltronas as companhias também têm as classes tarifárias. Normalmente o serviço prestado será o mesmo independente da classes tarifária, o que muda são algumas “regalias” como: mudar a data da passagem sem precisar pagar mais ou receber mais milhas por voo. Mas na hora da viagem vocês vão ali, um ao lado do outro.

Você já viu um anuncio de uma passagem por R$59 e quando foi comprar o menor preço era R$99? Será que era mentira então? Não era! Abaixo tem uma imagem para tentar explicar melhor isso.

Para facilitar a conta vamos considerar um exemplo fictício de um avião com 100 poltronas. A empresa aérea venderá 12 passagens por R$59, 12 por R$69, 30 por R$99 e 46 por R$199. Aí ela coloca um anúncio que tem passagens nesse voo por R$59, depois que as 12 pessoas comprarem o preço irá “subir” para R$69. Isso é assim no mundo todo, se chama Yield management e goste você ou não é isso que permite ter algumas passagens bem baratas.

OBS: nada de achar que a parte de trás do avião vai estar sempre em promoção hein! Isso é um exemplo que nada tem a ver com a localização na aeronave, é só pra ilustrar a divisão das quantidade de poltronas.
 
Agora você já sabe, quando vir um anúncio de um valor e não encontrar é porque naquele voo não tem mais. O que fazer? Pesquisar em outras datas. É por isso que insistimos tanto para pesquisar. Se você quer mesmo viajar, pesquise em outras datas que pode ainda encontrar o valor anunciado. Não vá perder tempo reclamando que enquanto isso tem milhares de leitores do Melhores Destinos pesquisando e comprando.


Como funcionam as promoções de passagens aéreas?

Têm vários formatos, vamos dar dois exemplos:

1 – Pegar um bloco desses e determinar um valor. Olhando a imagem que colocamos no post, uma empresa pode pegar esse bloco 3 que custa R$99 e colocar por R$49. Nesse caso, quando vender as passagens desse grupo os preços irão para R$259.

2 – Dar um desconto sobre todas as tarifas. Nesse caso todas as tarifas do voo terão o desconto e a medida que uma tarifa for esgotando, você poderá comprar na tarifa imediatamente mais cara mas com o desconto".

Divas, então olho aberto pras promoções e nada de desanimar na hora de achar a melhor tarifa. Dá trabalho mas a satisfação de pagar pouquinho pra viajar não tem preço.

Ponta de Estoque

A irmã da Rebecca Leão (o link é pro blog cheio de pensamentos e ideias de mesmo nome da autora) de quem sou abiga no Facebook compartilhou um link super valioso que repasso agora para vocês.



É o site Ponta de Estoque, que reúne diversos endereços de lojas Off em várias cidades do Brasil. Os critérios de busca podem ser pelo nome da loja, pelo local ou em ordem alfabética. Cada loja é acompanhada de uma pequena descrição sobre o estilo de roupa/sapato e o quanto de deconto é praticado nas pontas de estoque.

Há ainda uma sessão dedicada aos Outlets internacionais mais famosos que inclui desde o clássico Woodbury em New Jersey até o improvável Freeport, em Alcochete - Portugal.

Eu já recebi algumas vezes essa mesma lista por e-mail, mas o fato de ela estar online facilita muito na hora da consulta e garante que a lista vai estar sempre atualizada.

Agora é arregaçar as manguinhas e ir à caça dos melhores descontos da sua cidade.

#ficaadica

Saia Longa

Tem uns blogs muito queridos que fazem parte da minha leitura diária e já se tornaram referência de um determinado assunto dentro da blogsfera. O Oficina de Estilo é um deles. Quem ainda não conhece vale a pena conhecer, mas como a vida às vezes é corrida demais pra ler tudo, acho que é bacana compartilhar alguma coisa do conteúdo que eu encontro por aí nas minhas leituras.

A dupla que faz o Oficina de Estilo é referência em personal styling, e além de dicas de como usar determinadas peças e cores, elas também são craques em dicas sobre conservação das nossas peças queridas. 

Olha só que ótimo esse post sobre como usar saias longas em qualquer época e pra qualquer pessoa:



NO FRIO


As próprias saias podem ser feitas em materiais mais quentinhos, tipo lã fina, algodão pesado, até tricô. Dá pra usar com meia-calça grossa por baixo, com camiseta de manga longa e tricô por cima, com jaquetas de couro e com paletó de lã, feltro ou moletom. A gente super curte com cashmere bem fino e super cachecol, fazendo uma golona sabe? Nos pézinhos funcionam oxfords (!!!), botas de cano alto, médio ou mesmo baixinho (todas com saltos médios ou sem salto nenhum), com sapatilhas e – pra quem é mais nova ou pra quem curte! – tênis com cano alto.



NO CALOR

Dedinhos de fora! Sandálias rasteiras ou plataformas abertas, mesmo as espadrilhas feitas em corda, são sensacionais acompanhantes de saias longas, leves, rodadas, coloridas. Na parte de cima vão regatas ajustadas (ou mais soltas usadas com cinto ou com colete curto por cima, pra deixar a cintura no lugar, marcadinha), camisas de seda (alô modinha!), camisetas mais bacanas. E se bater um ventinho no fim da tarde, jaqueta jeans é uma ótima pedida.

PRA NÃO SE SENTIR BAIXINHA


O que a gente pode fazer pra minimizar essa sensação é coordenar cores semelhantes no look e alongar a aparência tanto quanto possível (visualmente) – pra isso a gente escolhe todas as cores em tons claros, em tons médios ou em tons escuros. Se a cor mais clara e mais viva estiver na parte de cima, então, o efeito alongador tá garantido: vale colarzão, vale lenço, vale turbante, vale maquiagem super incrível.

PRA NÃO SE SENTIR GORDINHA

Quem tem barriga pode querer usar sobreposição na parte de cima, deixar a terceira peça aberta formando um vão vertical na frente do torso e assim reforçar a ideia de cintura marcada (sabe como?). Quem tem peitão ou ombrão pode escolher partes de cima com decote V e deixar o colo bem à mostra, de preferência com esse decotón que marca bem na vertical. Quem tem quadrilzão pode escolher modelos de saia que caiam bem sequinhas na parte do quadril e do bumbum e então se abram em rodas mais amplas e volumosas da coxa pra baixo.

PRA NÃO SE SENTIR CARETA

É legal acrescentar “peso”: jaquetas de couro, botas (oi coturnos!), plataformas, cintões pesados, colares de corrente, acessórios mil no pulso, cabelón arrumado-desarrumado.

PRA SE SENTIR SEXY MESMO COM A PERNOCA TODA COBERTA

Alô decotes nas costas! Alô recortes inusitados e cavas mais amplas que deixam pedacinhos de pele à mostra sem que ninguém espere! Alô unhas dos dedinhos dos pés com esmalte colorido! Alô cabelo preso pra deixar a nuca à vista!

Tô doida pra achar uma saia longa bacana e me jogar na tendência.

Tônicos Faciais para uma pele de Diva

Eu não canso de repetir por aqui que cuidar da pele é essencial para ser uma Diva de verdade. Pele bonita é meio caminho andado pro sucesso. É por isso que mais uma vez eu vou falar sobre pele.

Dessa vez o assunto são os tônicos faciais. Embora tenha muita gente que não sabe direito pra que eles servem, tonificar a pele é tão importante quanto limpá-la e hidratá-la direitinho. Há ainda quem use o tônico como um mero removedor de maquiagem, função a qual ele até se presta, mas que não é seu principal obejtivo.

Os tônicos são a segunda etapa de cuidados com a pele. Eles servem para remover as sujeiras que o sabonete não conseguiu e para tonificar a pele a fim de receber melhor os ativos do hidratante (terceira etapa de cuidados). Depois de lavar bem o rosto com sabonete neutro (eu uso o shampoo Johnson's Baby como já falei aqui), o segundo passo é aplicar com um disquinho de algodão o tônico apropriado pra sua pele. Eu revezo dois tipos de tônico. Um deles tem propriedades adstringentes, pra ajudar a conter o excesso de oleosidade da minha pele.

Nessa categoria gosto do Pure Zone da L'Oreal e do Adstringente Anti-Cravos Clean & Clear, da Johnson. 


 O preço médio de ambos é R$20 a R$25 e a ideia deles é remover o excesso de óleo que ficou na pele mesmo após lavarmos o rosto com sabonete. Quem tem a pele bem oleosa pode trocar o shampoo de bebê pelo sabonete em gel da mesma linha Clean & Clear. O Pure Zone também tem um sabonete na primeira etapa.

Eu até tenho o sabonete em gel (e também um sabonete em barra da Clean & Clear com micro-partículas esfoliantes), mas só uso os dois juntos (gel + tônico) quando a situação tá crítica em termos de oleosidade. Isso porque tanto o Pure Zone como o Clean & Clear tem componentes em todas as etapas que são beeeem potentes pra remover oleosidade, o que acaba ressecando a minha pele, que na verdade é mista.

É exatamente por causa disso que eu revezo o uso do tônico adstringente com o uso de um tônico comum. Para essas horas eu tenho passado o Tônico Facial Colágeno e Elastina Accolade da Avon (cerca de R$11).

Eu comprei esse tônico sem a menor expectativa, e acabei gostando bastante dele justamente porque não dá a sensação de pele repuxada de tão ressecada que os adstringentes causam.

Ele não contém álcool e o colágeno e elastina - base da fórmula - são componentes essenciais para manter a vitalidade da pele. O preço de R$11 eu vi na internet porque na verdade paguei R$6,50 numa loja de cosméticos em Itu! kkkk. Essa loja era incrível! Quem for a Itu não deixe de ir à Japonesa Cosméticos, bem pertinho da praça do Orelhão. É tipo o paraíso dos cosméticos baixa renda. Ia até fazer um post sobre essa loja, mas como acabei perdendo as fotos não rolou. Até um batom azul celeste eu comprei lá!!! #aloka

Voltando ao tônico da Avon, não sei quanto ele custa na revista da Avon, mas qualquer valor entre R$6,50 e R$11 é bastante bom para o resultado. A embalagem é de 120ml.

O terceiro passo é a hidratação, mas como o post já está longo demais, falaremos sobre isso em outra oportunidade.

Os penteados que eles mais amam



De vez em quando o Yahoo coloca alguma coisa que preste entre as notícias da página inicial. Essa matéria sobre os cabelos que os homens gostam tá bem bacana, e coincidência ou não, eu já usei todos esses cabelos alguma vez na vida hahahahaha.

Dizem que os homens não reparam nos cabelos das mulheres. Mentira! A verdade é que eles não sabem dizer exatamente quais truques ou produtos foram usados, mas com certeza eles têm as suas preferências e acham alguns looks mais atraentes que outros!

Soltos e lisos

Madeixas iguais a da Megan Fox despertam a vontade dos meninos de correr os dedos pelos cabelos sedosos e brilhantes da moça! Além disso, o brilho dá um ar de juventude e indica bons hábitos de saúde e higiene. Para ficar com o cabelo assim, passe uma gotinha de silicone nos fios ainda úmidos.

Curtos e desfiados (o meu tá meio assim agora)

O corte no estilo bob é curtinho atrás e gradativamente maior na frente. Se desfiado, ele fica do jeito que os homens gostam: ressaltam as maçãs, os olhos e deixam o pescoço a mostra! Sexy como Scarlett Johansson! Além disso, a mulher que adota esse corte tem atitude, o que é extremamente atraente para eles. Para ficar com essa aparência, leve referências ao cabeleireiro e tenha sempre pomada para bagunçar os fios.

Topete Punk (amooooo!!!)

Um pequeno topete adiciona uma dose de glamour a qualquer look, como mostra Hilary Duff! Usar o cabelo totalmente preso com esse detalhe no topo da cabeça deixa à mostra os pescoços, o colo, as orelhas ... Enfim, muitas partes do corpo que certamente os homens vão gostar de ver! Faça um coque e deixe a franja solta, em seguida desfie com um pente fino o topo da cabeça e prenda com grampos. (quem não tem franja pode prender ele todo e dar uma puxadinha em cima com o cabo daquele pente fininho)

Rabo de cavalo (pra ficar incrível tem que rolar um escovão básico antes)

Esse penteado favorece qualquer tipo de rosto e deixa qualquer visual mais sexy. Também é indicado para os dias úmidos, assim o gato não terá uma surpresa quando começar a chover e a chapinha desmanchar. Para ficar como o da Shakira, use o próprio cabelo para amarrar as madeixas, passando um mexa por cima do elástico.

Bem curtinho (meu queridinho)

Mulher que tem o rosto verdadeiramente bonito não se esconde atrás de cabelo nenhum! E homem gosta de apreciar a verdadeira beleza. Quem tem o cabelo assim pode e deve abusar de jóias lindíssimas e fazer makes poderosas. Assim como no corte bob, tem que ter atitude e gostar muito de si para adotar esse estilo.

Relaxado Arrumado (sonho de vida, o meu nunca fica realmente bapho desse jeito)

Esse é campeão: usar os cabelos naturais ou com leves ondas deixa qualquer homem louco! Para ter o visual da cantora Keesha, faça luzes conforme o tom do seu cabelo e amasse os fios com mousse. Selvagem!

Se de fato esses são cabelos que agradam aos homens eu não sei, mas que esses cabelos são tipo A SÍNTESE de todos os cabelos lindos que existem, ah isso são.

1,2,3 Testando! - Dove Reparação Capilar Tratamento Noturno

Eu, enquanto pessoa com cabelos cacheados, estou sempre em busca de um creme leave in que me deixe com o cabelo o mais próximo possível do cabelo da Camila Pitanga. Vendo um anúncio da nova linha Dove Reconstrução Total, que promete reparar 15 anos de danos em 7 dias (brincadeira, mas são semanas de danos em 7 dias) eu decidi comprar o creme de Reconstrução Capilar Noturna.


A promessa: tratar os cabelos enquanto você dorme, deixando-o sem frizz pela manhã e hidratando-o sem deixar os fios ou o travesseiro engordurados.

O que acontece na prática: eu testei o produto pela primeira vez depois de ter tomado banho à tarde e passado meu leave in habitual. Na hora de passar o cabelo já estava seco, mas as instruções dizem que a aplicação pode ser feita com o cabelo seco ou molhado. Passei da mesma forma que passaria com o cabelo molhado, amassando os cachos para deixar o cabelo modelado. Dormi. No dia seguinte meu cabelo estava pior do que num Bad Hair Day. Tive que usar um chapéu pra sair de casa. Ainda bem que estava frio. A única coisa boa foi que de fato nem o cabelo nem a fronha estavam gordurosos.

Como eu sou brasileira e não desisto nunca, decidi lavar o cabelo à noite pra passar o produto direto nele molhado e esperar secar pra dormir em seguida. O resultado foi melhor, mas no dia seguinte meu cabelo estava com frizz do mesmo jeito, só que mais definido. Meu pai me viu e disse que eu parecia atriz de teatro amador com esse cabelo. Meu próprio pai me disse que eu tava badabauê!!!

Tudo bem, talvez o produto tenha melhor desempenho se associado aos demais da mesma linha, mas como todos os meus produtos de cabelo são de marcas diferentes e eles se entendem muito bem, eu não considero isso uma justificativa.

Resultado: Este blog desaprova o Dove Reparação Capilar Tratamento Noturno.

Luxo alimentar

Hoje o post é sério, é longo e não muito agradável, mas como ser Diva é ser consciente, eu vou falar de um comportamento de consumo que a gente tem (quase) por falta de opção e não costuma ser muito legal. Trata-se das nossas escolhas na hora de comer. 

Já tem um tempo que os produtos orgânicos invadiram as prateleiras, e a gente sabe que eles custam (bem) mais caro e costumam ser mais frescos e gostosos do que os alimentos normais. Em se tratando de frutas e legumes, acho que é realmente uma questão de escolha ingerir alimentos com ou sem agrotóxico. Se escolher os orgânicos, seu corpo realmente vai agradecer, mas esteja praparada para gastar cerca de 150% a mais com tais produtos. Se escolher os produtos comuns, lave bem em água corrente e não se esqueça de deixar de molho por 15 minutos na solução de limpeza para vegetais antes de consumir. Dá pra comprar em pastilha ou líquido. 

A história fica diferente quando falamos da carne, seja ela de frango, bovina ou suína. Os maus-tratos a que esses animais de abate se submetem é algo que me embrulha o estômago só de lembrar (quem quiser detalhes, há um doc de 2004 sobre o assunto - A Carne é fraca. As imagens são muuuuito fortes, o link pro trailer tá aqui). Não quero que ninguém abandone esse blog porque entrou aqui pra ler sobre maquiagem, viagens e tal e deu de cara com esse post. Mas não poderia deixar de falar sobre isso. 

O verdadeiro luxo é consumir de forma consciente. Sejam roupas, maquiagem, alimentos, eletrônicos, enfim, tudo mesmo. Então voltando aos animais, já existem fazendas certificadas no Brasil que tem um selo garantindo que não praticam tortura aos bichos antes do abate. Para conseguirem esse selo as fazendas precisam seguir normas rígidas que incluem, entre outras coisas, que o bicho não vai passar pelo stress de saber que está indo pro abate, ou passar dia e noite acordado só para engordar mais rápido. Além disso, o abate é feito com os bichos kind of anestesiados, o que garante que eles não vão sentir dor na hora de morrer. 


Tô falando isso tudo porque não sou vegetariana, não pretendo me tornar e acho justo nos alimentarmos de carne pois é assim que funciona a cadeia alimentar. Só que isso não significa que precisamos fazer com que os bichos passem por toda sorte de más condições em função do nosso consumo. Para dar uma ideia do que eu estou falando, algumas galinhas poedeiras (cuja única função é colocar ovos) chegam a um nível de estresse tão elevado que tem os bicos cortados para evitar que pratiquem canibalismo e que quebrem os ovos que acabaram de colocar. Triste e chocante é pouco.

***

Um belo dia o bofe foi ao mercado e voltou com um frango que tinha custado o dobro do preço, mas que tava escrito na embalagem um monte de coisas boas que eu não me lembro agora. A gente preparou o frango e, sem exagero, foi a carne de frango mais tenra e saborosa que eu já comi na vida. A receita era boa, mas simples, então era o frango mesmo que era especial. A marca do frango era Korin.

Aí hoje vendo Mundo S/A na Globo News, descobrimos que essa tal Korin era a marca dos frangos que não maltratava os animais. Gente, na hora eu decidi que só compraria essa marca a partir de hoje, porque mesmo sendo mais cara ela tem um valor agregado que não tem preço: me faz sentir bem fisica e mentalmente por estar consumindo frango. Além de ter uma carne muuuito mais gostosa em relação ao frango comum.

Comecei a pensar em como o stress a que o bicho é submetido pode ser capaz de alterar o sabor e textura da carne. Já tinha visto em algum lugar que as enzimas que os animais liberam minutos antes do abate são altamente danosas pra gente, mas com essa experiência deu pra ter certeza através do paladar.

Eu não sou especialista, mas tudo me faz crer que ao consumir uma carne orgânica a tendência do nosso corpo é ter menos celulite, menos flacidez, menos espinha, menos variação hormonal louca, etc. É nisso tudo que devemos pensar quando estivermos diante da prateleira do supermercado escolhendo nossas proteínas. Não tô dizendo pra ninguém se tornar radical, nem pra deixar de comer carne se não for orgânica, mas quando temos a possibilidade de escolher, porque não fazer uma escolha mais saudável para todas as partes envolvidas?

Quem não estiver a fim de começar a comprar frango Korin, uma pequena mudança já vai fazer uma enorme diferença: os ovos brancos são de galinhas que engordam à força à base de hormônios e excesso de estímulos, já os vermelhos são de galinha caipira, criadas com mais civilidade. Isso é uma coisa que a indústria não tem como simular. Se elas são criadas direitinho os ovos saem vermelhos, se não, os ovos saem brancos. Não é coisa de espécie, idade, nem nada. Então passem a comprar ovos vermelhos pois já é um grande passo.

O discurso também vale pros nossos queridos cosméticos. Quando todos os consumidores se recusarem a comprar marcas que fazem testes em animais, essa prática não vai mais existir.

#prontofalei #ficaadica