Cabelo de Diva - Parte I


O blog mal nasceu e eu já tenho três seguidoras! Emoção!

Graças ao e-mail fofo da minha amiga Diva Monicat, eu resolvi fazer um post sobre cabelos de Diva. O cabelo tem sozinho o poder de transmitir uma mensagem de cuidado, sofisticação, glamour e riquezah, mas o contrário também acontece. Poucas coisas são mais uó do que cabelo ressecado ou emplastado, tintura sem retoque, um corte ruim, etc.

O cabelo emoldura o nosso rosto néam, então ele tem que ser da cor e do tamanho certo pro quadro maravilhoso que está dentro poder se destacar sempre da melhor maneira. Pensando em algumas das minhas referências de Diva no quesito cabelo, fui observando que todas elas tem algo em comum: mudam frequentemente de visual, mas jamais abrem mão de pelo menos uma característica que sabem que funciona para elas. Isso vale pra cor, pro estilo de corte, pro respeito ao caimento dos fios, etc. Vamos entender com exemplos.

Começando pela Diva Luisa Brunet. Luisa está atualmente com um corte de cabelo lindo e muito versátil. E a prova é que ele pode ficar bem selvagem e sexy como na capa da Vogue Homem, ou mais sofisticado e certinho como na foto abaixo. Luisa já teve cabelo curtinho (quem lembra da campanha da Dijon?), passou pelos anos 90 com cabelão e encarou os 2000 com variações de cortes pouco abaixo dos ombros. Agora ela está com esse corte um pouco mais curto. Mas pensando em Luisa, o que vem à cabeça? Morena é a resposta. Luisa nunca foi loura, castanha nem ruiva. Ela parece ter entendido desde sempre que fazer juz ao sobrenome (Brunet significa morena em francês e brunette em inglês) era a melhor opção. Ela está no topo há 30 anos e contiua sendo sinônimo de Diva.

Força no bumpit!


Outra Diva tupiniquim é Guilhermina Guinle. Guilhermina usa variações de cabelos curtos desde que eu consigo me lembrar da presença dela na midia. Às vezes escorrega no tom de louro, mas os cortes são sempre up to date e ela consegue manter uma imagem de sofisticação sem parecer fazer grandes esforços. Inspiração ideal para as adeptas dos curtos.

esse cabelo da Leticia Spiler também fez mór sucesso na época de Viver a Vida.


Passando para as Divas internacionais, impossível falar de cabelos e não pensar em Sarah Jessica Parker. Ela é a camaleoa dos cortes e sempre ousa muito na hora de escolher as formas de aplicar as tinturas. Carrie, digo, Sarah renderia diversos posts só pra ela, mas está nessa listinha como representante dos cabelos cacheados. Seja na versão curta ou longa, Sarah sempre faz bonito quando mantém os cachos, e prova que alguns seres privilegiados conseguem ficar ótemos em versão loura ou castanha.



Como o post já tá ficando bem grandinho, vou deixar pra falar das outras meninas na parte II, mas se tem algo que essas mulheres tem em comum é, como diria uma amiga minha, awareness, ou seja, noção de si mesmas. Elas são lindas, mas mais do que isso, elas sabem se fazer lindas. Parece óbvio mas não é. Com tanto photoshop por aí a gente acaba tendo problemas de auto-estima. Por isso querida Diva, estude-se no espelho, repare-se em todos os ângulos, e você saberá que pontos ressaltar e que pontos disfarçar, seja com o cabelo, com a roupa ou com a maquiagem. Na parte II teremos Kate Blanchett, Kate Moss e Taís Araújo.

beijos e bom findi.

Um comentário:

FLÁ AMANCIO KIBELEZZA disse...

Sempre amei esse cabelo da Luíza e já usei varias vezes ,claro que em mim não fica tão lindo quanto nela né kkkk ela é muito diva.