Mala de viagem - dicas genéricas

A semana entre o Natal e o Reveillon é sempre meio louca né? A gente come demais, faz um milhão de planos, sai pra trocar os presentes que não funcionaram muito bem pra gente, tenta checar os últimos detalhes da viagem de ano-novo pra entrar no ano seguinte com tudo de melhor a que temos direito, ufa! Haja disposição!

Comigo não é diferente. Também estou correndo com os preparativos pra minha viagem, mas ao menos me antecipei na arrumação da mala. E é sobre isso que eu vou falar hoje. Como fazer uma mala bonitinha e prática pra qualquer lugar.


A Gloria Kalil no livro Chic[érrimo] ensina a arrumar a mala perfeita. Quem tem o livro sabe como as dicas são valiosas. Quem não tem vale a pena ter. Somando o que aprendi em diversas situações reais com malas e através de leitura de textos sobre o assunto cheguei às minhas próprias conclusões. Vamos à elas:


  1. Invista no seu conforto. O objetivo máximo da viagem é aproveitar e não fazer um desfile de moda.

  2. Acessórios são os melhores amigos das Divas em viagens. Eles ocupam pouco espaço e fazem toda diferença na hora de mudar a cara da roupa que você está repetindo. Invista em brincos, colares, lenços, óculos escuros, etc. Atualizadores instantâneos de looks.

  3. Leve duas ou três partes de cima pra cada parte de baixo que escolher, isso porque o que está próximo do rosto chama muito mais atenção do que o que está longe, então ninguém vai reparar tanto se você repetir uma saia ou bermuda, já a blusa é outra história. Além disso, a tendência é suar e sujar mais a parte de cima do que a de baixo.

  4. Se você é fã de peças marcantes, leve apenas uma coisa ou outra para poder causar numa situação específica, caso contrário aposte nas boas e velhas peças-coringa, que complementam absolutamente todas as suas produções. Ex: um cardigã fininho de cor neutra, ribanas sem manga ou de meia-manga ou de manga comprida, dependendo do destino escolhido, um short jeans, etc.

  5. Leve sempre uma meia escura opaca para onde quer que você vá. Mesmo nos lugares mais quentes pode ser que o tempo vire e a meia-calça é um ótimo jeito de continuar usando as produções de verão com uma cara mais de frio. Ex: short jeans + meia-calça + ribana + cardigã = visual quentinho quando esfria perto da praia. Com esses mesmos itens + casacão de lã + bota de cano longo + gorro de lã = visual para enfrentar os passeios nos locais frios.

  6. Leve apenas um sapato de balada, por mais que pareça irresistível levar mais de um. Você não vai precisar e vai ocupar um espação na mala, então escolha bem de acordo com todos os seus visuais de se jogar na pista.

  7. Se a viagem tiver muitas ocasições/temperaturas diferentes do que está acostumada, reserve um valor para comprar algumas peças no seu destino. É quase impossível ter todo o arsenal de frio para quem mora no Brasil e não viaja para esses lugares com frequência. E em locais como navios, o dress code é tão específico que se torna difícil saber tudo o que devemos levar. Você vai querer comprar um chapéu di-vi-no, seja para se protejer do frio, seja para dar pinta de Diva durante o cruzeiro.

  8. Separe um saquinho para carregar as peças que vão sujando ao longo da viagem, assim elas não "contaminam" as limpas dentro da mala.

  9. Reserve espaço para as coisas que você planeja comprar. Se a mala já sair cheia daqui isso vai significar gastos extras com excesso de bagagem ou com a compra de mais uma mala.

  10. Só aceite encomendas de amigos se você já for passar na loja onde vende o que a pessoa pediu, e claro, se não for inconveniente pelo tamanho, preço, natureza jurídica, etc.

  11. Por fim, um vídeo para matar todo mundo de inveja de ver como se arruma uma mala. Especialmente para os Divos de plantão.







beijos e ótima viagem.

2 comentários:

Luciana disse...

Demais o vídeo! Queria ser capaz de arrumar uma mala assim.
Feliz ano novo!

Silvia disse...

Ai... arrumar mala é um pavor! O vídeo é sensacional!